• Sandra Fank

Como faço para me cadastrar no Auxílio Brasil?

Atualizado: 19 de abr.

Veja agora como se cadastrar no programa Auxílio Brasil!

Veja como fazer o seu cadastramento no Programa Auxílio Brasil, que é um conjunto de 9 benefícios básicos e complementares pagos pelo governo federal, destinado às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.


Podem participar do Programa as famílias em situação de pobreza e extrema pobreza que tenham, dentre seus familiares: gestantes, mães que amamentam, crianças, adolescentes e jovens entre 0 e 21 anos incompletos.

Para esclarecer: consideram-se famílias extremamente pobres aquelas que têm renda familiar mensal igual ou inferior a R$105,00, por pessoa. Já as famílias pobres são aquelas que têm renda familiar, por pessoa, de até R$200,00.


Como realizar o seu cadastro:

Primeiro de tudo, é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, e tenha atualizado seus dados cadastrais nos últimos 2 anos.


Contudo, o cadastramento é apenas um pré-requisito, e não garante a imediata inclusão no Programa: mensalmente, de forma automatizada, o governo selecionará as famílias que serão incluídas. Se você atender aos requisitos de renda e ainda não esteja inscrito, procure o responsável pelo Programa Auxílio Brasil na prefeitura de sua cidade, para realizar o cadastramento no CadÚnico.

Agora, vamos ao passo a passo:


1) Cadastramento: Se sua família se enquadrar em uma das faixas de renda definidas pelo Programa (pobreza ou pobreza extrema), procure o setor responsável pelo Auxílio Brasil na sua cidade, apresentando um documento de identidade, para fazer parte do CadÚnico. Caso você já faça parte, é necessário apenas que seus dados estejam atualizados.


2) A seleção das famílias é feita mensalmente pelo Ministério da Cidadania, com base nos dados inseridos pelas prefeituras no CadÚnico, considerando a constituição familiar e a renda de cada integrante.

3) Após a família ser selecionada, será concedida a parcela do Programa Auxílio Brasil. As parcelas são pagas de forma mensal, de acordo com o calendário de pagamento.


Confira abaixo o calendário de liberação dos valores em 2022:

▶ 21 de fevereiro para quem tem o final do NIS com o nº 6

▶ 22 de fevereiro para quem tem o final do NIS com o nº 7

▶ 23 de fevereiro para quem tem o final do NIS com o nº 8

▶ 24 de fevereiro para quem tem o final do NIS com o nº 9

▶ 25 de fevereiro para quem tem o final do NIS com o nº 0

▶ 18 de março para quem tem o final do NIS com o nº 1

▶ 21 de março para quem tem o final do NIS com o nº 2

▶ 22 de março para quem tem o final do NIS com o nº 3

▶ 23 de março para quem tem o final do NIS com o nº 4

▶ 24 de março para quem tem o final do NIS com o nº 5

▶ 25 de março para quem tem o final do NIS com o nº 6

▶ 28 de março para quem tem o final do NIS com o nº 7

▶ 29 de março para quem tem o final do NIS com o nº 8

▶ 30 de março para quem tem o final do NIS com o nº 9

▶ 31 de março para quem tem o final do NIS com o nº 0

Espero poder ter lhe ajudado! Abraço!